Rinite e Sinusite: Diferenças e Como Tratar
Sinusite-Rinite
André Ferraz
André Ferraz

Rinite e Sinusite:
Diferenças e Como Tratar

Entenda agora as diferenças entre rinite e sinusite e veja como tratar de forma natural.

Se você sofre com rinite e sinusite, sabe como os sintomas causam  incômodo. Coceira no nariz, espirros, secreção nasal, nariz entupido, tosse, são muitos os sintomas dessas doenças que possuem algumas semelhanças, mas são diferentes e exigem atenção.

O desconforto é muito grande e em épocas como inverno elas se agravam, deixando você mais e mais propenso aos sintomas. Para te ajudar, nós preparamos esse conteúdo especial com dicas de como curar a sinusite e como acabar com a rinite. Mas, antes, vamos falar um pouco sobre cada uma. Continue a leitura e confira!

Rinite

Quem tem alguma doença respiratória já está cansado de saber que respirar pelo nariz é essencial para filtrar as substâncias tóxicas que estão no ar, impedindo que as mesmas cheguem aos nossos pulmões. O problema é quando as pessoas possuem alergias a essas partículas, como a poeira, pelos de animais, pólen ou até mesmo fungos.

Nesses casos, o sistema imunológico responde com algumas reações, para eliminá-las do corpo, como é o caso da rinite. Contudo, além da alergia a certas substâncias, mudanças bruscas de clima, inalar ar frio ou seco, ou ainda cheiros fortes, podem desencadear crises da doença.

Sintomas da rinite

Quando as crises iniciam, em alguns casos, os sintomas são muito intensos, podendo causar até sangramento nasal. Porém, eles variam conforme o grau e tipo de rinite. 

Nos casos de rinite não alérgica, que acontece quando há uma inflamação da camada que reveste a cavidade nasal – mucosa-, sem que uma alergia seja a causa, os sintomas são os seguintes:

  • Sensação de entupimento no nariz;
  • Forte coceira e espirros;
  • Coriza e roncos;
  • Diminuição do olfato.

• Sintomas de rinite alérgica

Por sua vez, a rinite alérgica, a forma mais comum da doença que é causada como resposta do organismo, apresenta os sintomas como irritação na região do nariz, da boca, dos olhos e da garganta ou de outras regiões do corpo. Também, pode causar problemas com cheiros, coriza, espirros e olhos lacrimejando. 

Nesses casos, é preciso iniciar os procedimentos para tratamento, pois poderão se agravar com o aparecimento de sintomas da rinite atacada. Entre eles estão:

  • Congestão nasal;
  • Tosse;
  • Diminuição da audição e do olfato
  • Dores de garganta;
  • Olheiras e olhos inchados;
  • Fadiga e irritabilidade;
  • Cefaleia. 

E então, vocês se identificaram com esses sintomas? Logo mais falaremos sobre os tratamentos. Continue conosco!

• Sintomas de rinite em bebê

Quem, também, pode sofrer com os sintomas da rinite são os bebês. Quando há a inflamação no narizinho deles, você pode observar que eles começam a levar mais a mão ao local, aos olhos e as orelhas. Eles, também, tendem a ficar mais irritados que o normal. Isso acontece, porque os pequeninos ficam com o nariz entupido e cheio de coriza, causando coceira e muita irritação.


Mudanças no sono e no apetite podem, da mesma forma, surgir quando eles estão com os sintomas da rinite atacada. Você poderá perceber que o bebê pode começar a roncar e acordar várias vezes durante o sono e já não terá tanta vontade de comer. Além disso, a disposição dele será afetada. Na maioria dos casos eles choram muito e já não querem brincar como antes.

Rinite alérgica tratamento caseiro

Você sabia que muitos dos sintomas da rinite podem ser tratados em casa? Sim, os tratamentos caseiros ajudam a diminuir a intensidade dos sintomas e, em algumas pessoas, inclusive, a doença pode desaparecer conforme envelhecem. Isso acontece, principalmente, com crianças e bebês em que o sistema imunológico se torna menos sensível.

No caso dos bebês, o tratamento caseiro pode ser um pouco mais demorado, pois é preciso identificar o fator que está causando a inflamação nas vias respiratórias. Contudo, há algumas atitudes que ajudam a aliviar os sintomas:
Dê bastante água ao seu bebê durante o dia: isso auxiliará a impedir o acúmulo de secreções nas vias aéreas;

  • Evite que seu bebê tenha contato com pólen, fumaça, poeira, pelos de animais ou demais substâncias que possam causar a alergia;
  • Deixe as roupas do seu bebê secarem dentro de casa, assim evita o acúmulo de substâncias alergênicas nas roupinhas;
  • Faça a limpeza do nariz do seu bebê com soro fisiológico, mas com cuidado para não prejudicar ou machucar o pequeno.

Remédio caseiro para rinite

Dependendo do grau e intensidade da inflamação, seja rinite alérgica ou não, os médicos podem indicar o consumo de alguns medicamentos para diminuir os sintomas. Mas, há pessoas que não desejam usá-los, pois muitos possuem em sua composição corticóides. 

 

Se você não quer usá-los, há alguns remédios que podem ajudar a aliviar os sintomas, como o chá de eucalipto, hortelã ou, até mesmo, o chá de vinagre de maçã. Porém, esses remédios não causam o efeito desejado em todas as pessoas que os consomem. 

 

Entre os tratamentos que se dizem naturais e prometem uma eficácia, mas que muitas vezes não desencadeiam os efeitos desejados estão: a fitoterapia, que embora seja considerada natural, tem na composição dos remédios componentes químicos; a homeopatia que busca estimular o organismo a buscar o equilíbrio, com medicamentos que causam os mesmos sintomas da rinite; e a as terapias energéticas, como o Reiki que busca um equilíbrio dos centros energéticos (chakras) para tratar as alergias e demais doenças.

 

Mas, você busca um tratamento natural, que possui comprovações científicas e que são muito eficientes conheça a  Aromaterapia.

Aromaterapia para Problemas Respiratórios | André Ferraz Aromaterapia

Esse método se tornou muito conhecido e atualmente  é o principal meio para tratamento da rinite em casa. Ele faz uso de Óleos Essenciais que podem intervir nos sintomas de maneira rápida e eficaz, pois muitos possuem ação anti-inflamatória e imunomoduladora. Dessa forma, os Óleos ajudam a diminuir os sintomas e melhoram a imunidade do paciente.

 

Se você quer saber mais sobre como a Aromaterapia pode auxiliar no alívio e tratamento de doenças respiratórias, nós falaremos mais sobre como os Óleos Essenciais podem ser usados no tópico final do nosso post. Continue conosco!

 

Mas, caso você queira seguir diretamente para o Tratamento Natural para Rinite e Sinusite com Aromaterapia, que trará mais detalhes sobre o assunto, é só clicar aqui! Boa leitura!

Sinusite

Assim como a rinite, a sinusite é uma doença respiratória causada por uma inflamação na mucosa nasal e do, popularmente conhecido, seio da face. Essa região abrange as cavidades ósseas ao redor do nariz, maçãs do rosto e olhos, e pode ser perturbada por uma infecção ou quadro alérgico que impede a drenagem da secreção.

 

Se você já sofreu ou sofre com essa doença, sabe como ela pode ser difícil, pois a dor de cabeça incomoda tanto que passa a sensação de que estão pressionando o local

Sinusite aguda

Essa doença respiratória é classificada pelos níveis aguda e crônica. No caso da sinusite aguda, os sintomas perduram por cerca de quatro semanas. Nesses casos, os sintomas devem melhorar naturalmente, ou com remédios.

É comum sentir febre, cansaço, tosse, coriza, dor muscular e perda de apetite e mau hálito, mas também dor intensa na região dos “seios da face”. Em muitos casos, a sinusite aguda é causada por uma infecção viral ou alérgica, que pode, até mesmo, derivar da rinite. Mas, também há alguns casos em que o fator desencadeante da doença foi uma infecção bacteriana. O problema é que, quando não tratada adequadamente ou quando a imunidade está mais baixa e é causada pela presença de microorganismos mais resistentes, ela pode evoluir para a sinusite crônica.

Sinusite crônica

Com os mesmos sintomas da sinusite aguda, mas com intensidades diferentes, a sinusite crônica pode durar mais de três meses. Nesses casos, a presença da tosse é mais marcante, principalmente durante a noite, quando a temperatura tende a baixar ou quando a pessoa se deita para dormir.

Geralmente, ela é a evolução da sinusite aguda que não recebeu o tratamento certeiro. Todavia, outros fatores podem causá-la, como bactérias mais resistentes, tipos diferentes de infecção, fungos ou até uma alergia que persiste por algum tempo.

Sinusite bacteriana

Um tipo muito comum da sinusite crônica é a bacteriana. Muitas vezes a principal a causa é uma infecção viral, como a gripe ou bactérias que vivem dentro do nariz, garganta ou boca. 

Essa condição é mais desenvolvida por pessoas que são alérgicas ou possuem o desvio de septo nasal, que ocorre quando a cartilagem entre as cavidades nasais não está devidamente centralizada. A boa notícia é que em grande parte dos pacientes, a recuperação demora cerca de duas semanas.

Sintomas da sinusite

Dependendo do tipo e grau da sinusite, os sintomas e suas intensidades mudam. Porém, há os que são comuns para todos, como a forte dor de cabeça, nariz entupido e tosse.

Se você está buscando identificar qual a sua sinusite é importante consultar um médico especializado. Mas, para te ajudar, listamos alguns para você. Confira:

• Sintomas da sinusite

Nos quadros de sinusite aguda podem surgir sintomas como: 

  • Dores na face e no nariz, principalmente durante a manhã;
  • Dores na cabeça, que tendem a ser mais incômodas nos momentos em que a pessoa vai se deitar ou quando abaixa a cabeça;
  • Nariz entupido;
  • Muita secreção nasal com cores amarelas e verdes;
  • Tosse e febre;
  • Mau hálito, também pode estar presente.

• Sintomas da sinusite alérgica

Diferente dos demais tipos de sinusite, a alérgica pode ser causada por alguns alimentos ou poeira, por exemplo. Dessa forma, um fator externo entra em contato com a pessoa,  provocando a alergia e as secreções acabam por ficar acumuladas na região dos seios da face. Com isso, iniciam os sintomas:

  • Grande produção de coriza;
  • Dores de cabeça e nos ossos do rosto;
  • Os olhos se tornam mais vermelhos, lacrimejam muito e coçam;
  • Espirros, dificuldade para respirar e nariz entupido;
  • Febre;
  • Tontura;
  • Cansaço e em alguns casos falta de apetite;
  • Mau hálito e cheiro forte na região do nariz,

Nesses casos, os sintomas são intensos até a eliminação do agente causador da alergia. Uma dica para acelerar o processo é beber muita água.

• Sintomas de sinusite crônica

No caso da sinusite crônica, os sintomas podem durar por mais de três semanas deixando o paciente cansado e, em muitos casos, debilitado. A intensidade das dores e produção de coriza também podem ser maiores, causando até sangramentos. Os sintomas são:

  • Dores no rosto ou cabeça, principalmente nas maçãs do rosto, ao redor do nariz e olhos;
  • Secreção intensa no nariz;
  • Sangramentos pelo nariz;
  • Tosse intensa;
  • Nariz e ouvido entupido;
  • Tonturas;
  • Sensação de pressão na cabeça;
  • Mau hálito.

Em casos mais graves, a sinusite crônica pode desencadear crises de asma e coceira no nariz piorando ao entrar em contato com a poeira.

• Sinusite bacteriana sintomas

A sinusite bacteriana, causada pela inflamação das nossas fossas respiratórias por conta das bactérias que vivem no nariz, garganta e às vezes na boca,  podem causar os mesmo sintomas que os demais tipos da doença.

Nesses casos, os principais são: dores de cabeça e no rosto, febre, espirros, tosses, grande produção de coriza, coceira nos olhos, dificuldade para respirar, tonturas, dores nos dentes e maxilar, cansaço, mau cheiro da boca e nariz, além de poder provocar crises de rinite.

Sinusite na gravidez

Você já ouviu falar de sinusite na gravidez?

Durante a gravidez, é comum que mulheres desenvolvam algumas doenças, por conta das mudanças que estão ocorrendo no corpo e diminuição da imunidade. Entre elas está a sinusite, principalmente nos meses de inverno e temperaturas mais baixas.

Para preservar a saúde, tanto da mãe quanto do bebê, é indicado que um médico seja procurado para indicar os remédios que se pode fazer uso. Geralmente, as crises são tratadas com nebulização para sinusite, podendo ser realizadas até duas vezes ao dia.

Sinusite remédio caseiro

Muitos medicamentos são indicados para o tratamento e amenização das fortes dores e sintomas incomodativos da sinusite. Mas, se você prefere fazer uso de alguns remédios caseiros, há indícios de que alguns chás ajudam como o de camomila, por conta de suas propriedades anti-inflamatórias e analgésicas que ajudam a melhorar a inflamação na garganta, mucosa nasal, etc.

Há, também, sucos usados para amenizar os sintomas como o de espinafre. Afinal, esta planta realiza uma ação descongestionante e anti-inflamatória no organismo, auxiliando na eliminação das secreções.

Sinusite tratamento caseiro

Para você que sofre com esses sintomas e já está cansado dos remédios tradicionais, há um método muito eficiente que está se tornando cada vez mais popular no tratamento caseiro da sinusite: é o uso de Óleos Essenciais. 

Por suas capacidades e propriedades como alívio da obstrução nasal, coceira no nariz e garganta, além da melhora nas dores musculares.

Se você quer saber mais sobre como a Aromaterapia pode auxiliar no alívio e tratamento,  nós trataremos especificamente sobre o assunto no fim deste post, continue lendo ou siga diretamente para lá clicando aqui!

Além disso, há alguns passos que você pode seguir para aliviar os sintomas  como a inalação com cebola fervida. Afinal, a cebola possui propriedades anti-bacterianas e virais, aliviando, assim, os sintomas. Porém, estes métodos não têm eficácia comprovada como a Aromaterapia, e seu resultado varia muito de acordo com a qualidade dos ingredientes utilizados.

Rinite e sinusite diferença

Agora que já falamos sobre a rinite e sinusite, é importante entender as diferenças entre essas duas doenças respiratórias que causam tanto desconforto. Nós explicamos para você:

A rinite, é uma doença causada pela inflamação da mucosa do nariz, causada em sua maioria por alergias, que pode desaparecer com o envelhecimento e fortalecimento do sistema imunológico. 

Por sua vez, a sinusite ocorre quando há a inflamação da mucosa dos seios da face, que ficam entupidas ajudando na proliferação de bactérias.

É muito comum que essas duas doenças sejam confundidas, mas é bom saber que são distintas e precisam de tratamentos diferenciados.

Tratamento Natural para Rinite e Sinusite com Aromaterapia

Quando os sintomas da rinite ou sinusite começam a aparecer nas pessoas, é comum e aconselhável que a primeira opção seja procurar um médico para o diagnóstico. O problema é que alguns tratamentos como a vacinação, imunoterapia, antibióticos, corticóides e tantos outros às vezes não proporcionam os efeitos desejados, além de causarem reações em alguns organismos.

Assim, muitas pessoas estão optando por tratamentos naturais por meio da Aromaterapia. 

Porém, ainda há pessoas que duvidam da real eficácia. Se você tem dúvidas, saiba que esses métodos naturais tiveram comprovação científica no tratamento de doenças respiratórias. Conheça agora um dos melhores tratamentos caseiros para rinite e sinusite.

Óleos Essenciais e Vegetais para rinite e sinusite

Os Óleos Essenciais usados na Aromaterapia são capazes de causar a dilatação das vias respiratórias, o que ajuda na passagem de ar, e combatem vírus e bactérias que podem causar essas doenças, além de fortalecerem o sistema imunológico.

Agora, vamos conhecer os Óleos Essenciais que podem ser usadas no tratamento dessas doenças que causam tanto desconforto?!

Óleo Essencial para rinite

A aromaterapia trabalha com o olfato para inalação dos Óleos Essenciais, que podem intervir nos sintomas da rinite rapidamente, por meio de sua ação anti-inflamatória e anti-infecciosa, além de melhorar a imunidade do organismo. 

Existem várias formas de uso, mas para um alívio rápido e imediato a técnica da panela quente é a melhor. 

Para realizar o procedimento, você deve colocar de 3 a 10 gotas do óleo essencial para rinite em uma bacia com água quente, soltando vapor, coloque uma toalha sobre a cabeça e respire o vapor.

Agora se você não conhece as propriedades dos óleos essenciais, nós te explicamos:

 

  • Alecrim QT cineol: é um ótimo estimulante e energizante. Possui muitos benefícios para a saúde no tratamento de doenças como artrose e bronquite, afinal é um  excelente descongestionante nasal, ajuda a aliviar a obstrução nasal e fadiga ou mal-estar. Além disso, atua no combate a várias infecções respiratórias;
  • Bergamota: com o odor cítrico, característico da fruta, esse Óleo Essencial ajuda a aliviar os sintomas da rinite e é indicada para quem tem dificuldades na hora de dormir. Isso porque é analgésico, antibacteriano, antifúngico e anti-inflamatório;
  • Eucalipto globulus:  indicado para alívio da coceira no nariz e na garganta. Porém, seus benefícios vão além, pois na rinite auxilia no como descongestionante e é analgésico;
  • Hortelã-pimenta: esse poderoso Óleo Essencial é muito usado na diminuição das dores musculares, mas seus benefícios são maiores. Ele é ótimo como expectorante, descongestionante, desinfetante e antitussígeno, sendo, assim, ótimo no alívio dos sintomas da rinite.

Óleo essencial para sinusite

Uma das melhores formas de combater e aliviar os sintomas da sinusite é por meio da Aromaterapia. Para usá-los você pode colocar em uma bacia com água e deixá-los perfumando o ambiente ou pode diluí-los em óleo vegetal e aplicá-los na pele.

 

Para o alívio dos sintomas da sinusites os óleos essenciais mais indicados são:

 

  • Tea tree: ajuda a combater a infecção que causou a sinusite. Além de ser um poderoso anti-inflamatório, antiviral, antibacteriano, expectorante e descongestionante;
  • Lavanda: diminui o estresse e a ansiedade, ajuda a dormir, além de ter ação anti-inflamatória;
  • Limão siciliano: por suas propriedades antioxidantes, antifúngicas, antivirais  e antimicrobianas, ajuda no combate às infecções e a reduzir a secreção do nariz. Auxilia no aumento da imunidade e no combate a doenças respiratórias e a gripe;
  • Eucalipto glóbulos: auxilia na desobstrução das vias aéreas e na diminuição da tosse que pode ser frequente na sinusite.

Óleo de Copaíba para sinusite

O óleo de Copaíba é um produto que possui diferentes benefícios para o corpo. Entre eles, seu uso está associado ao sistema imunológico e respiratórios, redução de inflamações e melhoras na pele.

Para a sinusite, seu uso é indicado por conta das propriedades anti-inflamatórias, onde ela bloqueia a ação de agentes como bactérias e fungos que podem causar essa doença. Além de ajudar no combate a gripes, resfriados e dores musculares.

São muitos os benefícios da aromaterapia para o organismo! Se você quer saber mais sobre o assunto, confira uma palestra online e gratuita sobre como tratar 45 doenças com apenas 5 óleos essenciais!

https://unafiscosaude.org.br/site/garganta-ressecada/https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2020/01/22/qual-a-diferenca-entre-rinite-e-sinusite-veja-sintomas-e-tratamentos.htmhttps://www.minhavida.com.br/saude/materias/13198-reconheca-as-diferencas-entre-os-sintomas-da-rinite-e-da-sinusitehttps://www.minhavida.com.br/saude/temas/sinusitehttps://www.hospitalsaolucas.pucrs.br/sinusite-x-rinite-conheca-as-diferencas-e-semelhancas-entre-as-doencas/https://www.gazetadopovo.com.br/viver-bem/saude-e-bem-estar/saude/tres-medidas-para-combater-sinusite/https://drauziovarella.uol.com.br/doencas-e-sintomas/sinusite/https://drauziovarella.uol.com.br/doencas-e-sintomas/rinite-alergica-2/https://www.minhavida.com.br/saude/materias/23085-fitoterapia-homeopatia-e-alopatia-tire-suas-duvidas

Este post tem 19 comentários

  1. Olá, moro no Japão, tenho acesso a esses óleos aqui??

    1. Você encontra no Japão sim e também em lojas online. Abraço perfumado!

  2. Olá bom dia André simplesmente amo a aromaterapia , parabéns pelo seu trabalho ,estudos , pesquisas 👏👏👏

    1. Gratidão, Rosana! Continue acompanhando. Abraço perfumado!

  3. Olá professor!
    Ja fiz dois cursos com você.
    Sou sua seguidora, assisto tudas
    suas publicações.
    Gratidão por tudo ❤

    1. Gratidão por toda confiança, Maria José!

  4. Achei muito interessante. Sofro de sinusite crônica. Imunidade baixa. Câncer de mama( em tratamento. ) Cardíaca. Agora, me apareceram manchas nas mãos e braços
    Dizem ser fragilidade capilar
    Algumas varizes. E, não recebo à mais de um ano. O que dificulta as coisas. Obrigada pelas dicas de oleos
    Espero adquirir alguns e saber usar.Quando será a palestra ?

  5. Boa tarde Andre! Tenho uma spitz de 3 anos e 6 meses que tem muita dificuldade respiratória .. todas as vezes que temos mudança de tempo ela sofre demais e os vet sempre receitam corticoide.. não quero mais usar isso!!! Qual o melhor óleo para uso e como usar? Eles podem ser misturados? O olfato dela e muito pobre.. Sigo vc ha algum tempo e aprecio demais suas orientações! Muito obrigada

  6. Gostei muito da matéria, para quem está estudando sobre óleos essenciais ajuda a ampliar e aprofundar o conhecimento prático

    1. Gratidão, Jozete. Vem muito mais por aí! Abraço perfumado

  7. André ,boa tarde! Muito interessante essa matéria sobre doenças respiratórias… Gratidão

    1. Que bom que gostou! Gratidã, Ana.

  8. Sou aluna do Néctar e do Saúde em Gotas, estou encantada com tudo estou aprendendo. Sou muito GRATA A VC ANDRÉ, pois com meus estudos e sua ajuda em cada vídeo seu,estou conseguindo ajudar minha mãe a tratar depressão e síndrome do pânico, é ela não dava crédito a Aromaterapia, logo no primeiro dia que fizemos massagem com com óleo de laranja,ela já se sentiu mais relaxada,é o mais incrível é que logo depois ela conseguiu comer,sendo que esta muito enjoada e com falta de apetite devido à ansiedade. Gratidão SEMPRE!!!!!!!

    1. Simone, que linda mensagem! A Aromaterapie é realmente fascinante. Fico muito feliz por você e pela sua mãe, como seu professor também fico orgulhoso. Parabéns pela dedicação e resultados!!! Abraço perfumado

  9. Bom dia, gostei muito das dicas. Estou fazendo curso de Aromaterapia e é sempre bom ampliar os conhecimentos. Só fiquei em dúvida em relação ao Alecrim, porque diz que precisa ter precaução em relação a pessoas hipertensas que não podem fazer uso. Abraços obrigada.

    1. Olá, Magda! O Alecrim não é indicado para pessoas hipertensas. Abraço perfumado!

  10. Que ótimo, Ana! Conhecimento é uma das chaves para uma vida realmente plena. Fico feliz que tenha gostado. Abraços perfumados!

Comentários encerrados.

leia mais

André Ferraz

Como recuperar a sensualidade

André, quais os óleos essenciais para aumentar a sensualidade? Eu recebo essa pergunta de inúmeras seguidoras! E por mais que algumas pessoas não se importem,

Leia Mais

Siga Nossas Redes Sociais

Viver de Aromas ®
CNPJ: 25.291.999/0001-04
Todos os direitos reservados

Fechar Menu