Quimioterapia: óleos essenciais ajudam!

Quimioterapia: óleos essenciais ajudam!

Óleos essenciais podem ajudar quem está passando por quimioterapia?

Sim! Óleos essenciais são cientificamente comprovados como funcionais até mesmo para reduzir e matar células cancerígenas.

Apesar de haverem estudos científicos que comprovam que os óleos essenciais têm atividades antitumorais, ainda existe a necessidade de muitas pesquisas até que esse tratamento substitua a quimioterapia.

Entretanto, existem várias condições que são efeitos colaterais da quimioterapia que os óleos essenciais auxiliam, aumentando a qualidade de vida.

É comum que pessoas que estão passando por quimioterapia sofram: perda de apetite, depressão, constipação, náuseas, vômitos, infecções, entre outros. Por isso, durante essa fase, você pode utilizar os óleos essenciais:

1- Laranja Doce: estimula o apetite, a alegria e solta o intestino preso;
2- Tea Tree ou Melaleuca: estimula o sistema imunológico, previne e trata infecções;
3- Hortelã Pimenta: excelente para náuseas, vômitos e enxaqueca.

Além desses óleos essenciais, você também pode usar outros óleos para equilíbrio emocional, insônia, ansiedade e depressão, como os óleos de Bergamota, Camomila Romana, Lavanda, Gerânio e Rosas. Tais óleos podem ser utilizados via inalação, uso tópico na pele ou até mesmo ingestão, desde que indicada por um profissional da Aromaterapia.

Quer aprender ainda mais sobre Aromaterapia? Baixe nosso e-book gratuito O Guia Completo da Aromaterapia!

Clique aqui para saber como identificar um óleo essencial puro.

Fechar Menu